Módulo 2 – Esporte, Mídias Tradicionais e Novas Mídias

No segundo módulo do curso online em Esporte e Mídia [ver organização do curso aqui] que está sendo organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano, o Centro de Estudos Olímpicos e Paralímpicos, e o Grupo de Estudos Socioculturais em Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul nós vamos discutir os diferentes meios de comunicação de massa tradicionais – mídia impressa/jornais; rádio; e televisão – e o advento das novas mídias – mídia digital, mídia móvel, e social media – e suas relações com o esporte como conteúdo.

Na primeira parte do segundo módulo a ideia será fazer um apanhado do que foi discutido na semana anterior [ver post aqui], em especial as duas funções principais dos meios de comunicação de massa (entreter e criar um senso de comunidade imaginada). Após focarei em dois casos em específico – o campeonato Europeu de Basquete (EuroBasket 2013) e os Jogos Olímpicos Rio 2016 – com vista a compreender como estes eventos se tornaram notícias (ou não) em torno da noção de comunidades imagina. Em um segundo momento nesse primeiro bloco a ideia será olhar o desenvolvimento das relações meios de comunicação de massa tradicionais e esporte através de meios específicos como jornais, rádio, e televisão, e em particular como o esporte é usado/retratado/produzido nesses meios. O foco dessa análise será fortemente centrado no esporte mediado como um espaço predominantemente masculino tanto no que se fala, como se fala, e em quem fala.

Na segunda parte do segundo módulo o foco recairá sobre as novas mídias, que normalmente são conhecidas como mídias digitais (se refere muito mais a tecnologia usada nesse meio), mídias sociais (os meios são sociais por natureza então talvez não seja a melhora denominação) e/ou mídias móveis (se refere muito mais a forma de consumir o conteúdo). Não obstante, essas novas mídias são distintas dos meios de comunicação tradicionais pois operam em dois fronts: competem e complementam as nossas formas de consumo tradicionais. Nesse ponto, eu vou utilizar as seis características descritas pelo Gantz and Lewis (2014) no que se refere às razões para seleção de mídia (restrições temporais; fidelidade; tamanho de tela; acessibilidade; locus de controle; e nível de interatividade) para demonstrar as nuances entre meios de comunicação de massa tradicionais e novas mídias. Ao final desse segundo bloco eu vou focar nas formas pelas quais atletas e marcas se tornam empresas de mídia e em particular quais os posts pelos quais a audiência tende a interagir mais. Por fim eu vou mostrar as pequenas e sutis diferenças entre mídia digital, mídia móvel e social media.

Espero todos lá!

Link abaixo para o vídeo no YouTube e os slideshows das duas partes do módulo 2:

Live video link

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s