A Função da Mídia e o Futebol Brasileiro – Grêmio vs Internacional

Como já mencionei anteriormente, a ideia desse blog é ser um espaço de reflexão sobre as relações entre sociedade, mídia, e esporte. Talvez um assunto inicial a ser abordado seria de discutir o papel da mídia na sociedade, e em especial como se manifesta através do esporte. Poderíamos pensar nos diferentes papéis que a mídia desempenha – como de informar, educar, e entreter na visão da BBC; ou de como o meio é a mensagem segundo Marshall McLuham; ou como ela ajuda a formar um senso de comunidade imaginada como argumenta Benedict Anderson. Mas talvez uma forma mais simples de começar essa discussão seria de olhar a raiz latina da palavra mídia (medium) – se refere ao meio ou ao ato de mediar alguma coisa. No nosso caso podemos dizer em mediar informações entre dois ou mais indivíduos.

Então, o que seria melhor do que um clássico de futebol onde as paixões são polarizadas para vermos esse papel da mídia em mediar informações? Para demonstrar esse papel eu vou utilizar dados antigos das redes sociais no Twitter durante um clássico – quiçá o maior clássico do mundo – Grenal. O jogo foi válido pela Campeonato Gaúcho de 2018 e foi emblemático pois ambos os clubes decidiram entrar com os reservas em campo – gerando um grande buzz nas redes sociais.

A figura acima representa essa rede de torcedores que mencionaram tanto o perfil no Twitter do Inter como do Grêmio antes, durante, e após o apito final. O que podemos ver nela? A primeira coisa que nos salta aos olhos é a polarização dessa rede. Temos basicamente duas comunidades bem distintas, cada uma representando um grupo de torcedores. Esses torcedores são as inúmeras bolinhas pequenas (nós) em volta dos nós maiores do Grêmio e do Inter. Mas o que é interessante é que temos alguns outros grandes nós – o tamanho representa o prestige in-degree (basicamente quantas vezes foram mencionados por outros nós) – que fazem o meio de campo entre esses dois pólos. E quem seriam eles? Membros da imprensa – jornalistas e blogueiros – e também meios de comunicação tradicionais e novos.

Se não fosse por esses intermediários as informações contidas em um lado dessa rede não chegariam ao outro lado. E o lindo nessa rede polarizada é que conseguimos ver essas conexões através das múltiplas linhas conectando um lado ao outro. E por causa do algoritmo (prestige in-degree) podemos notar o poder de conexão que estes nós possuem – eles se apresentam maiores que outros.

Em um mundo polarizado onde podemos nos fechar exclusivamente ao que nos agrada – por exemplo seguir somente o perfil do Internacional ou do Grêmio – o papel dos profissionais de mídia e os meios de comunicação passa a ser ainda mais importante. Por isso que uma boa comunicação é ainda mais fundamental para entendimento mútuo e resolução de conflitos.

No final das contas não importa se somos vermelhos ou azuis, pois somos todos membros dessa mesma grande rede.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s